COISAS QUE ACONTECEM

MARIA DILMA PONTE DE BRITO
ACADEMIA PARNAIBANA DE LETRAS APAL CADEIRA 28
PATRONO LÍVIO LOPES CASTELO BRANCO
1 º OCUPANTE HUBERTO TELES MACHADO DE SOUSA

Fazia tempo que não me encontrava com Mafalda. Uns seis meses mais ou menos.

– Oi amiga, que saudade! Bom lhe ver depois de tanto tempo. E que surpresa boa, não sabia que você estava esperando bebê.

– E não estou. Na verdade engordei além da conta.

****

            Depois que Anastásia ficou viúva não tinha me encontrado com ela. E um dia shopping depois de dois anos de sua viuvez a vi acompanhada.

            – Nossa! Finalmente nos encontramos. Parece que foi ontem que o Antônio seu esposo faleceu. Esse é o Pedrinho seu filho que vi pequeno? Está um rapazinho.

            – Não. Esse é o meu atual esposo.

****

            Liguei para Madalena no dia seguinte de seu aniversário para parabenizar pela a festa maravilhosa.     

            – Querida seu aniversário foi perfeito. A música estava ótima e o buffet excelente. Tudo gostoso e farto.

            – Obrigada amiga, eu também amei. Ganhei tantos presentes e gostei de todos. Só não de uma blusa azul, grandona e de muito mau gosto.

            – Fui eu que lhe dei.

****

            No WhatsApp as amigas trocavam figurinhas já que não tinham tempo para se encontrarem.

– Amiga ainda não pude fazer a sua visita de casamento. Preciso conhecer seu esposo.

– Marque o dia que estaremos lhe esperando com muito prazer. E você como está?

– Ah! eu troquei de emprego. Estou trabalhando agora na empresa Solux. O meu chefe é o Mário, um gato. Convidou-me para almoçar com ele amanhã. Estamos ficando.

– O meu marido tem esse nome e trabalha nessa mesma firma.

****

            As mães se encontram e começam a falar sobre os filhos.

            –  As crianças vão bem na escola?

            – Ah! Sim. Vão muito bem. Com exceção de Juninho que mudou de Colégio. Está agora na Colégio Status. Não suporta a professora de História. É insegura, pedante, não sabe de nada e exige muito.

            – Eu sou a professora de História do Colégio Status.

****

            O supermercado estava lotado. A criatura mostrava-se irritada porque a fila não andava. O gerente aproximou-se da pessoa com muita delicadeza e informou: aquela fila é para prioridades. Você será rapidamente atendida.

            – Você está me chamando de velha? Tenho pouco mais de cinquenta anos.               

****

            E na festa da Igreja as amigas avaliavam os trabalhos. Tudo bem organizado, as barraquinhas deram lucro, as comidas gostosas. E a Fabíola comenta:

            – Só não estava bom o vatapá que foi servido no sábado. Estava salgado e muito ruim.

            – Pois foi feito por mim, responde a Laura. E recebi elogios.

*****

            Na época de campanha eleitoral ninguém gosta das propagandas políticas na televisão. A Isaurinha comenta:

– Tem cada vereador que nem falar sabe. O Clodomir de número XBXBSSS é um deles. Promete o que não vai cumprir e comprar voto é com ele mesmo. Até a fala dele é chata.

            – É o meu esposo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s