A CORAGEM DENTRO DO MEDO

A CORAGEM DENTRO DO MEDO
Wilton Porto
Conto

Os pais das crianças tinham viajado para Petrolina. A tia Telma fora convocada para cuidar dos três e de casa. Os menos se davam bem com a tia e ela era zelosa, cuidava bem, se fazia respeitar com um doce, contudo voz firme, quando necessário.
Naquela noite de temperatura agradável, à máquina de costura, Telma cantarolava aos acordes da máquina olivetti. Lucas se deixava guiar por Castro Alves, Filipe batia cabeça com os cálculos e Míriam estava bulinando nas panelas, lá pela cozinha.
A cidade de São João do Piauí não demonstrava qualquer arroubo. Nenhuma amplificadora, nada de carro movimentando a rua.
Apenas 19 horas, a porta que dava para rua, estava aberta.
Sem que ninguém desse por conta, ele estava dentro de casa. A expressão dele não agradava. Lucas deu um grito espavorido, assustando a todos, fazendo com que a tia Telma desse um pulo – com a tesoura na mão e apontando para o Doidice, que demonstrava avançar casa a dentro. Ele, percebia-se, tinha a face e o olhar daqueles dias de desajuste.
Dona Telma entre medo e força de defender os seus, perguntou o que ele queria. – Quero dinheiro! Arrumar uma bicicleta, apanhar Chiquinha e sair pelo mundo.
– Não saio sem dinheiro!
Ele avançou um pouco mais e todos correram para perto da tia. O tremor e a cara de susto era visível. D. Telma. Como se tomada por uma força, levantou a Tesoura se aproximou de Doidice quase gritando, disse: – se você não for embora, agora, eu rasgo a sua barriga!
Doidice estremeceu. Disse não ter medo. Ela se aproximou mais com a tesoura aberta.
Doidice fez como se fosse pegar alguma arma. A criançada arregalou os olhos e gritou: “cuidado, tia!” Então, ela alarmou:

– Peguem a travanca da porta da cozinha! Sem saber como, Lucas chegou com a travanca. Doidice começou a voltar em ré. Ela viu que era hora de mostrar dona da situação: foi caminhando em direção a ele, até quando Doidice já não era mais noite de amedrontamento.
Ela fechou a porta.
Abraçamo-nos em lágrimas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s