CORAGEM

MARIA DILMA PONTE DE BRITO
ACADEMIA PARNAIBANA DE LETRAS APAL CADEIRA 28
PATRONO LÍVIO LOPES CASTELO BRANCO
1 º OCUPANTE HUMBERTO TELES DE SOUSA

          Homem de coragem é o que não falta nesse mundo. Pelo menos é o que diz a maioria deles. Todo pescador é ousado e valente. Enfrenta tempestade, tubarões e ainda visões do além. O sexo masculino é adestrado para ser destemido e está pronto para enfrentar qualquer situação, até no braço se for preciso.

          Se bem pensarmos a mulher também sempre demonstrou bravura em toda a história da humanidade, embora esse título seja taxado mais para os homens.  Basta lembrar de Anita Garibaldi (1821-1849) que participou de movimentos políticos, Jona D´Arc (1412-1431), foi uma guerreira francesa, liderando tropas na Guerra dos Cem anos, conflito entre a França e a Inglaterra, Maria Quitéria (1729-1853) combatente baiana da guerra da independência do Brasil.

          A coragem além da valentia é também firmeza, energia para enfrentar desafios, sabedoria para lidar com dificuldades, é manter-se honesto diante das tentações, é sair do comodismo, da zona de conforto para fazer o bem, enfrentar o mal, ser solidário e agir de forma cristã.

          O enfrentamento de nós mesmos, procurando melhorar as nossas imperfeições são exemplo de coragem. É difícil reconhecer os nossos erros, mas quando isso acontece é um exemplo de superação e de destemor.

          Feliz do criatura que tem a humildade de pedir perdão, de reconhecer seus erros, de libertar-se da vaidade, do egoísmo. Nada disso precisa de força, de fúria e nem de vigor, mas sim de coragem, na expressão da palavras, ou seja, precisa-se sim, de brio e de grandeza de espírito. Como dizia Napoleão Bonaparte, a bravura provem do sangue, a coragem do pensamento,

          Para Nelson Mandela, a coragem não é ausência de medo, mas o triunfo sobre ela. Assim, o homem tem que ter coragem para ser diferente, se opondo a unanimidade quando preciso for, e dispondo-se a sonhar aquele sonho que parece impossível.

E há quem diga ainda, “que é preciso mais coragem para vencer a si mesmo do que para vencer os outros”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s