ESTAVA À TOA

forto boa dilma

MARIA DILMA PONTE DE BRITO
ACADEMIA PARNAIBANA DE LETRAS – CADEIRA 28
PATRONO LÍVIO LOPES CASTELO BRANCO
1 º OCUPANTE HUMBERTO TELES MACHADO DE SOUSA
DO LIVRO “O QUINTO” – INÉDITO

          Tem dias que nos damos um tempo para ficar de pernas para cima dando uma folga aos pés e umas férias à cabeça. Quem não merece um momento desses? Ninguém é de ferro. Pois bem, foi numa ocasião dessas que fiquei imaginando. Tem coisa que existe em todo e qualquer lugar. Nas cidades pequenas, nas grandes e até fora desse meu querido território brasileiro.

          A Banda de música é um exemplo, nasci e cresci escutando a charanga da minha pequena cidade reunir multidões para o seu show no coreto da praça principal. Hoje parece não ser tão mais valorizada, embora tenha sua importância artística e cultural encantado os ouvintes com seus instrumentos de sopros, trompetes, tubas, bumbos e pratos. Quando visitei Sintra, cidade turística de Portugal, fiquei encantada com a banda desfilando na cidade recebendo seus visitantes com alegria contagiante. E como diz Chico Buarque: fiquei à toa na vida vendo a Banda passar cantando coisas de amor.

          Outra coisa é a procissão. Em qualquer lugar que você pensar, em certas ocasiões tem uma quantidade de fiéis em cortejo religioso realizando uma marcha solene pelas ruas, carregando imagens e entoando cantos e orações. A procissão tem o significado de levar a imagem do Santo pelas ruas para espalhar bênçãos. Na minha cidade, Parnaíba, no dia da Padroeira Nossa Senhora da Divina Graça e no dia de São Francisco esse ritual acontece reunindo um grande números de fiéis.  Fátima em Portugal tem como tradição realizar a procissão de velas. Gilberto Gil cantou a procissão comparando como cobra se arrastando pelo chão e as pessoas que nela vão passando acreditam nas coisas lá do céu.

          O Carnaval é uma festa popular realizada em diferentes locais do mundo. No Brasil é celebrada com mais entusiasmo e por isso atrai grande número de turistas. As escolas de samba se preparam o ano inteiro para desfilar na avenida mexendo com o coração dos foliões. Paulinho da Viola canta que sentiu o seu coração apressado quando viu a Portela passar.

          A música, a fé e o entretenimento são pilares de um povo. São alimentos da alma.  A música é o composto de melodia e ritmo. O carnaval é uma festa popular que renova as energias. A fé é uma esperança.

E como diz Gilberto Gil andá com fé ou vou porque a fé não costuma faiá.

2 comentários sobre “ESTAVA À TOA

  1. Lendo os seus escritos, bateu uma enorme saudades da minha tão bela infância onde eu era acordada pela charanga que ao alvorecer acordava a todos os moradores daquela suntuosa cidade de COCAL DA ESTAÇÃO onde fui encaminhada para as primeiras letras no tão conceituado GRUPO ESCOLAR JOSÉ BASON e bem dirigida pela saudosa Mestra Francisquinha Brito Vaz. “Belos tempos , belos dias “ como diz o nosso rei Roberto Carlos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s