CONVIVÊNCIA

Image (32)

MARIA DILMA PONTE DE BRITO
ACADEMIA PARNAIBANA DE LETRAS – APAL- CADEIRA 28
PATRONO – LÍVIO LOPES CASTELO BRANCO
1º OCUPANTE – HUMBERTO TELES MACHADO DE SOUSA
INÉDITO – O QUINTO

          Tenho um amigo muito jovem, divertido e engraçado mas acho esquisito o jeito de sua postura. Anda curvado, assim corcunda mesmo. Antes que lhe indicasse uma academia ele mesmo me disse que frequentava uma.

        Um dia desses ele me convidou para ir na sua residência. Conversa vai conversa vem, cafezinho com cuscuz e aí ele me leva no seu pomar para me mostrar suas árvores frutíferas. Interessante que entre as plantas percebi dois jabutis. Na verdade pensava que era cágado, mas ele me deu uma aula da diferença entre um e outro. O cágado tem casco achatado e suas patas parecem nadadeiras o que lhe facilita sua movimentação no meio aquático. O jabuti por sua vez tem casco alto e pesado com dedos e unhas em formato cilíndrico. Achei suas patas parecidas com as de um elefante, só que pequenas, proporcional ao tamanho dele. O amigo ainda explicou que o jabuti é exclusivamente terrestre e o cágado transita entre a água doce a terra. Na saída do pomar olhava para o jabuti e para ele que ia na minha frente. Poxa! Como eles se pareciam. A cacunda dele era igualzinha ao do seu bicho de estimação.   

      No dia seguinte o meu happy hour foi na casa de Glorinha, uma amiga de colégio. Pense numa casa alegre! Muitas flores no jardim cada uma de uma cor, perfumadas, lindas, pareciam que estavam sorrindo. Olhei para as flores, olhei para a minha amiga e não vi diferença. Ambas belas, felizes e delicadas.    

    Depois dessas duas visitas fiquei a pensar: Será que o ambiente em que vivemos tem influência sobre nós? Minha reflexão me levou a uma pesquisa e descobri que você é a média de cinco pessoas com quem convive. E eu acrescentei mais, não só as pessoas, o ambiente, as coisas que nos cercam influenciam por demais na nossa forma de ser, de agir e de pensar. Cheguei a essa conclusão. 

    Aprofundado a minha curiosidade descobri ainda que segunda a ciência pessoas que convivem durante muito tempo juntas tende a ser parecidos. Copiamos inconscientemente as expressões faciais e o comportamento. Encontrei como exemplo John Lenon e Yoko e filhos adotivos que acabam ficando parecidos como os pais que os adoram. Faz sentido mesmo.

    Moral da história. Se a coisa funciona assim vamos nos acompanhar de coisas boas, alegres e positivas. Os amigos, os animais, as plantas, o estilo da casa que moramos, tudo tem grande influência na nossa forma de ser. Devemos escolher bem as nossas companhias e refletir nas nossas escolhas.    

“Você fica muito parecido com as pessoas e as coisas que você convive, portanto, busque estar ao lado das melhores, as quais te proporcione um bom estilo de vida e que lhe inspirem a voar cada vez mais alto, como uma águia”.
(autor desconhecido)

3 comentários sobre “CONVIVÊNCIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s