PASSOU BATIDO

forto boa dilma

MARIA DILMA PONTE DE BRITO
CADEIRA 28 -APAL
PATRONO –  LÍVIO LOPES CASTELO BRANCO
PRIMEIRO OCUPANTE – HUMBERTO TELES DE SOUSA
TEXTO INÉDITO – O QUINTO

       Que aninho mais sem graça! Não vesti nenhum roupa nova, não fui a qualquer aniversário e nem dei uma festa em casa. Dormi mais que de costume, comi mais que o normal. Será que isso está certo?

            Meu batom perdeu a validade, as roupas estão mofadas, meu perfume ficou sem fragrância.  E os meus sapatos? Guardados estavam e assim continuam. Não fui trabalhar fora de casa e nem fui a qualquer lugar por isso nem bolsas foi preciso usar.

            Foi ela, a pandemia, que me colocou nesse lugar. Aqui muito bem confinada eu tento me reinventar. Visto minhas camisolas e calço minhas rasteirinhas e vou até à cozinha. Já deixei a marca no meu braço do vapor da chaleira, arrumei gavetas, guarda roupa e prateleiras.

            Quando não estou em uma live tenho reunião on line e, parece até mentira, mas já votei pelo Whats App. Tudo mudou de repente. Estou usando o delivery, estudando a distância e trabalhando home office e, até missa assisti por meio de canal virtual.

            A vida continua e não posso me isolar. Tenho que evitar tristeza e meus amigos encontrar. Chamei todos no Google Meet para a gente conversar. Jogamos conversa fora e já marcamos outro encontro, é só uns dias aguardar.

            É uma nova vida que chegou para ficar, depois do COVID 19 muita coisa permanecerá. Algumas até que melhoraram, e é só adaptar. Mas uma coisa é certa, no meio de tudo isso idade não vou mudar. Se não pude fazer festa, não ganhei nenhum presente, não apaguei as velinhas e não tive nem abraço o tempo passou batido, tudo continuou igual eu não vou mudar de era, isso é muito natural. Apesar de tudo isso tenho me adaptado a esse novo momento chamado novo normal.

12 comentários sobre “PASSOU BATIDO

  1. O maior desafio do escritor, creio, deve ser o de transferir para a linguagem seus pensamentos e emoções, é aí que as coisas mais se complicam. Dilma Ponte consegue atenuar com palavras as situações mais conflitantes e constrangedoras, e o resultado disso é uma linguagem linear, clara e elegante, bem ao gosto do leitor perspicaz, que se sente representado em toda sua estrutura textual.

    Curtir

  2. Parabéns, amiga Dilma Pontes!
    Você retratou o dia a dia de muitas nós, no seu texto. Essa quarentena, o uso de máscaras, o “fique em casa”, ah! Temos que nos reinventar diariamente!

    Curtir

  3. Parabéns Dilma, você com sua inteligência e sabedoria consegue fazer com que nós tenhamos calma e assim consigamos evitar a tristeza que as vezes que fazer moradia em nosso coração. Obrigada.

    Curtir

  4. PARABÉNS minha prima fiquei muito feliz que você se expressou tão bem o que estamos passando.Beijos pra Excelsa,Cândido,Lúcia e a você.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s