AQUI OU ACOLÁ

AQUI OU ACOLÁ

114 anos de São João do Piauí
Wilton Porto

Mente e Espírito navegam pela amplidão como o vento.
Cumprem o destino de ser Luz onde a escuridão se mexe.
É no servir, diário, que se engrandecem e vibra de contentamento.
Em cumprindo a missão, onde quer que esteja, que o corpo não se queixe.

Aqui ou acolá, que o nosso gênio seja semente.
E em morrendo para a saudade, não tenha gritos de lamento.
Se o filho está sendo fulcro, a mãe rir o sorriso do contente.
Nem todo colo estava preparado para fazer-lhe assento.

O filho distante não deixa ser barro, água, sangue das nossas ruas.
E onde quer que o nome dele brilhe, brilha também o nosso torrão.
Dos raios que lhe desprendem, quer sejam Sol, quer sejam lua,
É pulsar excelso, que pulsa vibrante em cada cidadão, o Amor mais elevado da nossa querida São João.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s