20 dias de Bon Jovi #14: O soldado

1992, ruas de Sarajevo, Bósnia. (E ao som de Dry Count)

Imagem

Sangue.

É tudo o que presencio neste momento mais que aterrador.

Um dia fomos chamados de soldados,
Éramos como heróis a levantar bandeiras e se exibir
Mas vejo que não passamos de meros assassinos…

Corpos espalhados,

Numa imensidão, que não há como não perder a alma no meio da contagem.

O silêncio é o que mais nos perturba agora,
A criatura que nos persegue, nos açoita,
Como que dizendo: Culpados!

Impotentes,

Sem conseguir responder ao insulto,
Tão frágeis, que desabamos de encontro ao inferno,
(Que, convenhamos, é de onde nunca deveríamos ter saído)

Discursos, discursos e mais discursos,

Entremeados em nossas estúpidas mentes mais que arrogantes

Discursos que nos levaram a matar, até sentindo prazer (vingança é a desculpa).

E com bastante remorso,
Percebemos…

O genocídio de nada mais, do que nossos próprios irmãos.

Heróis.

Claucio Ciarlini (2013)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s