SALADA DE FRUTAS

images (4)

       Sentada numa mesa no cantinho, com sua cerveja geladinha  e um prato de petisco, o  João, aquele cara calado, que pouco fala, que pouco  rir  observa aquela gente tão animada que participa de uma festinha íntima.

    E pensa consigo mesmo. Come se rebola e se oferece a mulher do José. E ele só fica rindo com cara de banana.

    Na rodinha dos políticos só se fala em abacaxi. Partidos que se desentendem, as brigas pelas disputas de cargos. E por ai vai…

  E quando a Zoraida adentra na festa com uma roupa extravagante, João pensa baixinho. Essa mulher gosta de chamar atenção. Qualquer dia pendurará uma melancia no pescoço.

    Continuando com um olhar crítico, observa o Pedrão. O homem rico da cidade que está a se pabular no meio dos grandalhões. Em menos de um ano comprou mais vinte prédios, trocou de carros várias vezes e não se sabe de onde vem tanto dinheiro. Laranja  dizem as más línguas!

    O Abelardo é um mau humorado.  Sempre com a cara de quem chupou limão azedo. A Guiormar nem parece que fez tantas plásticas continua enrugada que nem um maracujá. Em compensação a Paulinha é um amor de nordestina. O moranguinho do nordeste. E a Claudinha é uma bela menina. Uma uva!

João lá, tomando sua geladinha e fazendo suas observações ao som de Alceu Valença:

 Da manga rosa  quero o gosto e sumo
Melão maduro, sapoti, juá
Jaboticaba  seu olhar noturno
Beijo travoso de umbu cajá
Pele macia é carne de caju…

    DO LIVRO “VOU TE CONTAR” 2008
MARIA DILMA PONTE DE BRITO APAL
CADEIRA 28
PATRONO LÍVIO LOPES CASTELO BRANCO
1ºOCUPANTE HUBERTO TELES MACHADO DE SOUSA

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s