O SONHO

Antonio Gallas

BAILANDO

 

Sonhei que estavas

Nos braços de outro

Feliz a bailar!

E enquanto bailavas

Com todo o fulgor

O salão reluzia,

Tamanho o esplendor!

Sorrindo estavas.

Bailavas feliz

Nos braços de outrem.

Sequer reparou

Que em meio a plateia

Sofria alguém.

Tristonho fiquei

Nesse devaneio.

Apenas um sonho,

Finalmente acordei…

Parnaíba, 24 de Julho de 2004.

 

Um comentário sobre “O SONHO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s