O PESCADOR DE MOSCAS.

 

pesca1

inseto alado:

fica voa mosca

perde asa

prende pata

no grude da mesa

fica mosca

sem asa

café matinal

presa fácil

pesca2

o homem:

pó de engenharia

olhar nublado

prédio carro

cidade marasmo

e o preciso passo

se lança a sombra

pesca3

rede rota

que pesca

a sombra de guarda?

que vigia

a rede sombra?

qual obituário

a cada pescaria?

se lança rede

o pescador

que morre

no concreto estanque

do corpo urbano?

que vilania

no preciso passo

do pescador sombreado?

Rosal. 

Gustavo Muniz Barros Rosal Benvindo, estudante de Direito no campus da UESPi em Parnaíba. Seu trabalho está na coletânea Versania, do Opiagui, lançada este ano. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s